domingo, 10 de maio de 2009

4 bandas alternativas que você não pode deixar de escutar

Yeah Yeah Yeahs: È uma banda dos estados unidos, formada em Nova Iorque. É composta pela vocalista Karen O, guitarrista Nick Zinner e na bateria Brian Chase.
O estilo desta banda é fabuloso, a voz de Karen é suave, densa e ao mesmo tempo sexy. Suas composições tem sempre um duplo sentido, as vezes até para um teor mais sexual.
Escutei o ultimo álbum de Yeah Yeah Yeahs e o single de estréia é Zero. Não tenho como falar mal deste novo trabalho, conseguiu manter um trabalho maravilhoso e a faixa de criatividade em seus cinco álbuns. Se você procura musicas de qualidade esta é a banda certa.

Muse : É uma banda britânica de Teignmouth, formada em 1994 anteriomente foi chamada de Rocket Baby Dolls. Composta pelo vocalista, pianista e guitarrista Christopher Wolstenholme, no baixo, voz secundaria e teclado Dominic Howard.
Muse é uma banda que mistura diversos estilos musicais como: Eletrônico, Rock alternativo e clássico também. A voz de Christopher é agradável, me lembra muito The Bolshoi no inicio de sua carreira. Estava escutando sua discografia e eles conseguem transmitir seus sentimentos de uma forma atraente.

The Killers: É uma banda dos estados unidos, formada em 2002 em Las Vegas. Composta pelo voalista Brandon Flowers, guitarrista Dave Keuning, baterrista Ronnie Vannucci e no baixo pelo Mark Stoemer. Não irei mentir que quando escutei o primeio álbum Hot Fuss pensei que seria mais uma banda tentando vender álbuns e procurar o sucesso com musicas e composições fracas. Porem, escutei com calma e vi que sua composições e harmonia musical era de uma seriedade e mesmo assim não perdendo o foco de uma banda de rock alternativo. É uma banda para escutar e analisar, acho ela boa para você que curte um lado mais alternativo.

Placebo: Se falo de alternativo, irei lembrar de Placebo, banda que sempre fui fã, uma banda de Londres, Inglaterra, formada em 1994, composta pelo vocalista, gruitarrista e tecladista Brian Molko, Baixista, guistarrista e tecladista Stefan Olsdal, e recentemente pelo baterista Steve Forrest que veio subistituir o Steve Hewitt que saiu em 2007. Placebo eu tenho que segurar meus dedos e vontade de fã, porque eu escreveria a biografia do placebo e a minha como fã neste blog, enfim. O novo Single do Placebo Battle for the Sun que é o anuncio do álbum que ira ainda ser lançado neste ano, mostra a evolução musical desta banda, é fácil de comparar Battle for the Sun com algum trabalho do inicio de sua carreira como Taste in men, ou algum hit mais conhecido como Purê Morning ou Every you every me. Lógico que não deixaram de ser melancólico porem, o som esta mais “maduro” se assim posso dizer. Espero que você que lê este post possa escutar Placebo, pois sem duvida na sena alternativa é uma banda de grande influencia.

Um comentário:

FreeFall disse...

Muse é muito bom, principalmente os cd´s Origin of Symmetry e Absolution